14/02/2017

Como comprar com segurança pela internet

 

Hoje em dia cada vez mais pessoas estão aderindo  a praticidade de  comprar pela Internet. Um estudo encomendado pelo Google junto a empresa Forrester Research indicou que as vendas na internet no Brasil vão dobrar até 2021, um crescimento de 12,4% ao ano.

Existem vários motivos que estão levando as pessoas a  mudarem o seu habito de compra: Descontos e ofertas exclusivar na compra online; não precisam enfrentar filas enormes para pagar; Dá para pesquisar pelo melhor preço de um produto; Você pode comprar no horário que quiser e recebe onde você estiver; Não raramente, é mais fácil encontrar o item que você precisa; entre outras facilidades.

Para evitar dor de cabeça na hora da compra, o site Busca Descontos selecionou para você alguns cuidados que devem ser tomados antes de comprar.

 

1. Verifique os dados do fornecedor:

Procure no site informações como razão social, CNPJ, endereço, telefone, e-mail. Tenha cuidado se o site exibir apenas um celular como forma de contato.

Quanto mais canais o fornecedor divulgar, mais segurança o cliente vai ter se precisar comunicar um problema.

 

2. Pesquise sobre a qualidade e a reputação da loja:

Cheque a reputação da loja no ReclameAqui. A opinião de outros consumidores pode dar uma visão de como é o atendimento e se o e-commerce em questão registra muitos problemas ou reclamações.

Também vale a pena recorrer ao Procon-SP. A entidade mantém uma lista de sites brasileiros de comércio eletrônicos que devem ser evitados a todo custo.

 

3. Formas de pagamento:

Observe as condições de pagamento e tenha clareza de quais opções têm juros inclusos. Desconfie se a única forma de pagamento for o depósito em conta corrente ou conta poupança, especialmente quando for para pessoas físicas.

Se o produto comprado não for entregue e o fornecedor recusar o contato do consumidor, é possível cancelar a compra se o cartão de crédito foi usado como meio de pagamento. O cancelamento deve ser solicitado à administradora do cartão de crédito.

 

4. Prazo de entrega muito longo ou não informado? Cuidado!

O prazo de entrega de um produto esta com 30 dias enquanto os demais têm este período fixado entre 10 e 15 dias úteis? Cuidado! Isso pode ser um sinal de que a empresa não possui o item em estoque e provavelmente tentará obtê-lo junto a um fornecedor.

Se você conhece os serviços da loja, a considera confiável e não tem pressa, vá em frente — a espera pode ser longa, mas o preço pode compensar. Fique atento também quando o prazo de entrega não é informado ou esta confuso, uma vez que a loja tem obrigação de dar essa informação de maneira clara.

 

5. Conexão segura, compras tranquilas:

Verifique se sua conexão de Internet funciona bem e é segura. Nossa recomendação é que use uma conexão com criptografia e senha, além de ter um bom antivírus. Na hora de fechar uma transação, você também deve observar se o navegador de internet exibe o ícone de um cadeado na parte inferior ou na barra de endereços.

 

6. Evite fazer compras a partir de computadores públicos ou redes Wi-Fi abertas:

Sempre que possível, faça as suas compras a partir de computadores próprios. Computadores públicos (de uma lan house ou da faculdade, por exemplo) podem não ter recursos de segurança importantes.

Compras a partir de redes Wi-Fi abertas ou públicas também devem ser evitadas. Não se sabe exatamente quem controla essas redes, assim, o risco de dados confidenciais serem interceptados a partir delas é maior.

 

7. Cuide da segurança do seu computador ou dispositivo móvel:

De nada adianta fazer compras on-line a partir de equipamentos próprios se estes tiverem problemas de segurança.

Manter seu sistema operacional e programas (principalmente navegadores) atualizados; Utilizar um antivírus e não se esquecer de também mantê-lo atualizado; Ter cuidado com links, sites e e-mails falsos que direcionam para arquivos maliciosos.

 

8. Direito ao arrependimento de compra e à devolução do produto:

O Procon orienta que consumidor saiba qual é a política de trocas da empresa antes mesmo de finalizar o pedido. Dessa forma, verifique se o estabelecimento pode eventualmente trocar ou não o produto, e em quais condições isso pode acontecer.

Para facilitar o processo de reclamação no pós-compra, é importante também que o consumidor guarde todos os comprovantes do processo, como e-mails, boletos e protocolos de atendimento.

 

 

 

 

 

 

voltar

Cadastre-se e concorra agora mesmo.

*Campos Obrigatórios

Categorias